A importância do comércio de proximidade no “novo normal”

A forma como a pandemia alterou os hábitos dos consumidores portugueses é abordada por Carla Esteves, diretora executiva da Rede Aqui é Fresco/Unimark

 

De um momento para o outro, os portugueses passaram a viver o que agora chamamos de “novo normal”. A pandemia que tem vindo a assolar o mundo inteiro obrigou-nos a alterar hábitos, adotar outras vivências e procurar novas soluções para continuarmos o nosso dia a dia dentro da normalidade possível. E, por isso mesmo, as relações de proximidade – com a família, com os amigos, com os vizinhos e até com o senhor da mercearia do bairro – começaram a assumir uma importância ainda maior, sobretudo face ao isolamento a que muitos se viram obrigados.

Ir para o artigo completo (https://expresso.pt)